As Três Dúvidas

--------------------------------------------------------------------------------



O escritor russo Tolstoi deixou muitos contos e folclores de fácil leitura, para o bem das pessoas que vivem de suas terras e para o bem do futuro das crianças. Entre os contos, existe um que fala sobre As três Dúvidas.



Certa vez, um imperador viu-se diante de três dúvidas ao realizar um empreendimento.

A primeira dúvida: Qual o “tempo” ideal para iniciar o empreendimento para não deixar nenhum arrependimento?



A segunda dúvida: Que tipo de pessoa é mais necessário para si e quais pessoas deveria prezar?

A terceira dúvida: Qual é o ponto mais importante em qualquer empreendimento?



O imperador ficou muito interessado em saber as respostas, pois, com isso, poderia caminhar pôr uma jornada de sucesso em sua vida. Então, ele mandou anunciar em todo o país que ofereceria grande recompensa aquele que lhe ensinasse respostas corretas. Com isso, muitos eruditos começaram a chegar para lhe oferecer as respostas. Porém, nenhuma delas conseguiu convencer o imperador.



Isto quer dizer que um erudito não significa propriamente um sábio.

Mais tarde, o imperador encontrou-se com um sábio que vivia entre o povo e descobriu dele as respostas que tanto buscava.



Esse sábio ensinou-lhe: O tempo mais importante é “este exato momento”.



A pessoa mais importante é “aquela com quem está relacionando agora”. E o mais importante trabalho é “servir às pessoas fazendo-lhes o bem”.



O importante não é alguma hora especial. É agora, este momento, é o dia de hoje. É empenhar todo o esforço neste momento, e é exatamente neste momento que está contido todo o “futuro de vitórias”.



Da mesma forma, não existe uma pessoa especial em algum lugar. Não são as pessoas de poder, fama, fortuna ou eruditas as mais preciosas. Uma pessoa com quem a gente está relacionando agora é a mais importante. Uma pessoa sábia é aquela que consegue valorizar cada uma das pessoas que se encontra em seu redor, considerando a característica de cada uma delas. Aqui se encontra o caminho para conquistar a confiança de todas as pessoas.



Mesmo que seja uma pessoa simples ou desconhecida, se ela deixa uma história de ação pessoal para o bem das pessoas, de seus amigos e de seu povo sem se importar consigo mesmo, é uma pessoa que pode ser considerada de imperador dos homens e soberana da vida.
Postar um comentário